Motorista de ônibus é morto a tiros em Campinas de Pirajá-Salvador

 

 

A Polícia Civil investiga a morte do motorista de ônibus Osvaldo Mathias da Conceição, 55 anos, assassinado a tiros no início da manhã desta quinta-feira (13) no bairro de Campinas de Pirajá, em Salvador. Segundo o Centro Integrado de Comunicação (Cicom), o crime aconteceu por volta das 5h, na frente da casa da ex-mulher, na Rua Geolândia. Nada foi levado da  vítima e a polícia apura a motivação do crime.

O rodoviário, que trabalhava na empresa OT trans, estava de moto e seguiria para o trabalho quando foi abordado por dois homens. Sempre antes de ir trabalhar, Osvaldo passava na casa da primeira esposa, na Rua Geolândia, onde costumava todos os dias pegar o almoço.

Osvaldo, que fazia a linha Estação Pirajá/Baixa dos Sapateiros, convivia há cerca de 20 anos com a sua segunda mulher, a comerciante Isabel Silva, 53, na Rua Senhor do Bonfim, próximo ao local do crime. A caminho da casa da doméstica Jaciara dos Santos, 57 anos, com quem ele tinha dois filhos, foi surpreendido por dois homens armados em uma moto.

O corpo do rodoviário foi retirado do local por volta das 7h. Horas depois, os parentes dele ainda tentavam apagar as marcas de sangue que ficaram espalhadas na calçada e nas paredes da residência da sua antiga esposa. As cápsula das balas ainda estão no local. “Por que fizeram isso com ele? Como eu vou viver agora? Ele não merecia isso. Só mataram ele porque eu não estava em casa”, disse a doméstica Jaciara.

Em nota, a Polícia Militar informou que o rodoviário foi atingido com cinco disparos de arma de fogo na cabeça. Segundo familiares da vítima, o rodoviário não tinha dívidas e era conhecido por ser um homem tranquilo. (correio24horas.com.br)

 

COITÉ CENTRAL DE NOTÍCIA

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o CCN (75) 9 9190- 3101 ou através do grupo  de WhatasApp clique (AQUI.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *