Mulher confessa ter matado os quatro filhos e após enterrado os corpos em cubos de cimento

 

A japonesa enterrou os bebês em c8ubos de concreto, conservando-os por quase 20 anos

Japão, que atingiu em 2016 seu mínimo histórico de criminalidade, foi testemunha nas últimas semanas de vários casos que causaram um grande impacto social, como o de Takahiro Shiraishi, de 27 anos, que confessou ter matado e desmembrado nove pessoas num período de dois meses.

Uma mulher foi presa nesta terça-feira (21/11) em Osaka (no oeste do Japão) após confessar ter matado e enterrado em cubos seus quatro filhos, nascidos entre 1992 e 1997. Segundo Mayumi Saito, a autora do crime, a decisão de matar as crianças se deu por falta de condições para cuidar deles.

Ela se entregou em uma delegacia na segunda-feira (20) e contou sobre os delitos cometidos há 20 anos. A polícia de Osaka encontrou quatro cubos recheados de cimento em um armário na casa da mulher. Desde então, as autoridades vêm investigando o conteúdo dos blocos, já que eles foram mudados da antiga residência de Mayumi para uma nova, em Neyagawa.

De acordo com a agência de notícias “Kyodo”, a mulher conservava os “túmulos” de seus filhos na própria casa. (Metropoles)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *