05 dicas de treino no verão

 

Por que a maioria das pessoas acha o verão uma boa época para treinar? A resposta é simples, mas pode vir de variadas maneiras. É só pensar que no verão o clima está favorável para fazer exercícios, e nosso corpo está mais inclinado a aceitar isso.

O calor é colocado como um incentivo para se mover e para praticar esportes que precisem de agilidade. É diferente de treinar no frio, quando você precisa se esforçar até para se preparar, trocar de roupa e estar disponível para levantar pesos. Por isso, se você está lendo isso no verão, não perca seu tempo. Essa é a época perfeita para tirar as roupas de treino do armário e ir praticar exercícios.

Com um treino próprio para o verão, ou com os treinos de inverno, a necessidade de analisar as demandas pessoais e montar um treino adequado são as mesmas. Você deve ter certeza de que o treino que você escolheu satisfaz suas demandas pessoais com relação ao seu corpo, sendo elas demandas de perda de peso ou demandas de massa muscular, e suas variações.

Feito isso, para escolher um treino bom o suficiente você deve saber e conhecer bem sobre suas limitações, e as limitações de cada parte do seu corpo. Se você é uma pessoa que tem problemas de respiração, por exemplo, tome cuidado com os treinos de esteira e com os exercícios de perda de peso em geral, principalmente no verão.

Por fim, sua rotina de exercícios deve girar em torno da diversidade de movimentos e, se você for à academia, de aparelhos utilizados. Uma repetição muito frequente de determinados movimentos pode fazer com que o seu corpo se acostume com esse esforço. Assim, a consequência provável será o não desenvolvimento daquela parte. Para resolver essa demanda do corpo, que todos temos, basta variar o treino. Não se esqueça de mudar completamente o circuito ou a rotina geral de exercícios de tempos em tempos. Se você quiser saber mais sobre isso, consulte o treinador.

Agora que sua análise pessoal já está feita, vamos às dicas de como treinar e obter bons resultados exclusivamente no verão. Esse é um fator que precisa de atenção, uma vez que o verão é um dos extremos climáticos e pode trazer condições muito particulares, que afetam nosso organismo das mais diversas maneiras.

É fato que treinar ao ar livre pode ser mais confortável do que treinar em um espaço fechado, principalmente se o local trabalhar com o ar condicionado, como é muito comum nas academias. Além de ressecar as vias nasais, o ar condicionado pode tornar a temperatura muito fria, possibilitando choques térmicos ao sair do local de treino.

Porém, treinar ao ar livre no verão apresenta alguns perigos, por conta da elevação nas temperaturas. Com esse aumento, as atividades cardíacas e vasculares dos atletas podem aumentar enormemente. Você pode ficar com tonturas, náuseas e até câimbras. No pior dos casos, você pode conseguir uma insolação, e a sensação com certeza será péssima. O resultado não é dos melhores: é provável que você fique um tempo sem treinar.

Não se preocupe com essas possíveis complicações. Aqui, nós damos todas as dicas para treinar com qualidade e segurança durante os dias mais quentes do ano.

  1. Treinos nas sombras: caso você esteja planejando praticar atividades como corrida ou algum esporte ao ar livre, tente ficar em regiões com muitas árvores e com sombras. Apesar de ainda ficar quente ali, o sol não te atingirá diretamente. Isso pode evitar muitos dos problemas de pele mais comuns. Não se esqueça de planejar seu local de treino e garantir que haja um espaço com sombra ali.
  2. Horários corretos: no verão, você deve treinar pela manhã ou pela noite, enquanto o sol não está no meio do céu e não nos atinge de forma mais direita. Esses períodos ainda garantem que o clima não esteja muito elevado e não cause um mal-estar ao praticar atividades físicas.
  3. Ingestão de líquidos: se você está treinando no verão, a ingestão de líquidos é indiscutível. Você pode optar pela água, que é mais adequada, ou por compostos preparados para treinar, que contêm uma variedade de nutrientes maior. O importante é fazer pausas regulares para descanso e hidratação. É dessa maneira que seus músculos se recuperam e que você repõe os nutrientes perdidos com a transpiração.
  4. Roupas leves: não precisamos te dizer que treinar com roupas pesadas ou quentes no calor é uma má ideia. Além de permitir um acúmulo de cansaço em menos tempo, as roupas densas podem causar atrito com a pele. Isso gera aquelas pequenas alergias conhecidas do verão, que podem se espalhar e dar um aspecto ruim ao seu corpo. Lembre-se de que acumular suor não faz bem a sua ventilação, e esse é mais um motivo pelo qual devemos optar por roupas leves e confortáveis.
  5. Filtro solar: é difícil treinar no verão em um local que seja completamente tomado pela sombra. Em algum momento de sua rotina de treinos, você entrará em contato direto com o sol, e sua pele pode ser muito atingida por isso. Essa dica vai principalmente para quem sabe que possui uma pele muito sensível e não pode esquecer de se proteger. Fique atento ao seu filtro solar e não esqueça de cobrir áreas como o rosto, que queima em grande quantidade.

Você anotou todas as dicas acima? Então não terá problema nenhum ao treinar no verão. Com esses cuidados, você pode seguir sua rotina de exercícios tranquilamente, que nada atrapalhará nos resultados. É importante entender que a falta de cuidados pode te impedir de treinar por um bom tempo, caso existam complicações mais sérias. Por isso, os cuidados não são apenas questão de prevenção: eles são uma maneira de garantir que os resultados dos seus exercícios sejam alcançados no tempo estimado. Essa é a maneira mais rápida de alcançar os objetivos estéticos.

Fonte: www.speedsuplemento.com.br

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *