Acidente entre caminhão, ônibus e van deixa 12 mortos na BR-101, no sul da Bahia

por Redação SN
Acidente entre caminhão, ônibus e van deixa 12 mortos na BR-101, no sul da Bahia
Acidente entre caminhão que carregava eucalipto, ônibus e van deixa ao menos 12 mortos na BR-101, no sul da Bahia

Um acidente envolvendo um caminhão bitrem que carregava eucalipto, um ônibus e uma van deixou ao menos 12 mortos e 22 pessoas feridas, na noite desta quarta-feira, 29/09, na BR-101, em trecho da cidade de Mundo Novo, no sul da Bahia.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 20h30, no KM 703. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhão bitrem ia em direção a Itabuna. Em uma curva, o último vagão do veículo tombou, desprendeu e rodou na pista.

Acidente entre caminhão, ônibus e van deixa 12 mortos na BR-101, no sul da Bahia
Entre as vítimas estão os motoristas do ônibus e da van, e uma criança, que não teve idade divulgada

O vagão estava com as toras de eucalipto e atingiu o ônibus e a van, que seguiam no sentido contrário da pista. O ônibus fazia a linha Itacaré/Porto Seguro, já a van ia para Itabuna. O motorista do caminhão fugiu do local, sem prestar socorro às vítimas. A empresa do coletivo lamentou a morte do motorista e informou que está dando assistência aos passageiros feridos e às famílias dos que morreram.

A pista só foi liberada na manhã desta quinta-feira (30). Segundo a polícia, entre as vítimas estão os motoristas do ônibus e da van, e uma criança, que não teve idade divulgada. A única vítima identificada até esta manhã foi o condutor do ônibus, Leandro Assunção.

Acidente entre caminhão, ônibus e van deixa 12 mortos na BR-101, no sul da Bahia
Acidente entre caminhão, ônibus e van deixa 12 mortos na BR-101, no sul da Bahia

Outras 22 pessoas ficaram feridas, sendo que seis delas estão em estado grave. Três foram levadas para o Hospital Regional de Eunápolis e as outras três foram encaminhadas ao Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro. Uma delas tem estado mais delicada, e está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Fonte: G1-Bahia

Recomendados para você