A advogada Lírida Carla Moreira de Góes, 26, possivelmente cometeu suicídio, com um tiro na boca, por volta das 20h00 de terça-feira (14), no bairro do Cruzeiro, na frente da casa do ex, em Campina Grande. O corpo estava em seu carro e as portas abertas.

De acordo com moradores da rua Giovani Gyoia, onde ocorreu a morte, a mulher chegou chamando o ex, mas ele não saiu e ela voltou ao carro. No carro teria atirado na boca e cometido o suicídio. O motivo seria não aceitar o fim do relacionamento