O corpo do técnico em informática Anderson da Silva Pinto, 22 anos, foi localizado por volta das 13h desta quinta-feira (14), às margens da Estrada da Vila Orádia, na zona rural do município de Santa Cruz Cabrália. Segundo moradores da localidade de Rio do Sul, o cadáver já está em estágio avançado de decomposição, enrolado em um cobertor. Os pés e as mãos de estavam amarrados com um fio.


A perícia constatou que a provável causa da morte foi uma lesão na cabeça. Também não há evidencias que Anderson tenha sido morto no local. “Acredito que alguém o assassinou em outro local e descartou o corpo ali”, disse um policial.

A estrada, de acordo com a comunidade, liga Pindorama, em Porto Seguro ao Projeto São Miguel e bairro de Tânia, em Cabrália. Segundo a polícia, Anderson era morador de Salvador e veio para Porto Seguro há menos de cinco meses, onde passou a residir com a mãe e o padrasto no bairro Parque Ecológico. Ainda de acordo com a informação, ele estava desaparecido desde a última terça-feira.

CARRO ABANDONADO – Também foi encontrado, na mesma região, um carro abandonado. O Pálio prata foi roubado, no fim da noite de quarta-feira (13), de um homem que trabalha de fazer lotação.

Carro roubado de motorista de lotação roubado na noite de quarta foi abandonado em estrada. A vítima contou que dois homens armados solicitaram uma corrida da rodoviária de Porto Seguro para o bairro Cambolo. Mas, na BR-367, perto da Agrovila, os assaltantes o obrigaram a descer do veículo. A dupla assumiu a direção do carro. A polícia acredita que, a princípio, os dois casos não têm ligação. [Radar64]