Benefícios do INSS serão reajustados em 2022. Confira os valores

por Redação SN
Benefícios do INSS serão reajustados em 2022. Confira os valores
Conforme as atuais variações da inflação, o salário mínimo, bem como benefícios do INSS terão novos valores em 202 | CImagem: BXBLUE

((JORNAL CONTABIL)) – Conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) utilizado como base pelo Governo Federal para o reajuste do salário mínimo, a inflação, hoje, já supera os 10%. Diante disso, o piso nacional para o ano que vem deve atingir uma marca histórica, passando dos atuais R$1.100 para R$1.210,44. 

Isto acontece, pois, o salário mínimo, por lei, deve ser reajustado todo ano, pelo menos conforme a inflação acumulada. Esta é uma medida para evitar o poder de compra do trabalhador, ou seja, conforme o preço de alimentos, medicamentos e outros produtos essenciais aumentam, a base salarial deve aumentar também. 

No entanto, vale ressaltar que esta previsão do piso para 2022, apenas acompanha a inflação, de modo que apenas mantém o padrão de vida do trabalhador, em tese. Sendo assim, tal reajuste não representa uma perda do poder de compra, tampouco, um ganho real. 

Vale lembrar que o valor previsto para o próximo ano, é uma estimativa com base no acumulado da inflação calculado pelo INPC. O valor real do salário mínimo deve ser divulgado oficialmente em janeiro de 2022. 

Leia também | Auxílio Brasil de R$400 começa a ser pago na próxima semana; confira o calendário

Benefícios do INSS em 2022

Os benefícios intermediados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), tem como base o salário mínimo vigente, ou seja, nenhum segurado do órgão pode ser contemplado com um valor inferior ao piso atual. 

Diante disso, caso a previsão do INPC se confirme em 2022, tais benefícios devem ser concedidos no valor mínimo de R$1.210,44. Ademais, cabe enfatizar que o reajuste do piso, também afeta as demais quantias pagas pelo órgão, inclusive, a referente ao teto previdenciário, atualmente, em R$6.433,57. 

Neste sentido, todo e qualquer benefício parte de um piso, de modo que mediante o aumento da base, os demais valores também sofrem uma elevação em seu valor. Em relação ao teto do INSS, o máximo concedido será de R$7.079,50. 

Para uma melhor contextualização, o INSS é responsável pelo pagamento de benefícios como: aposentadorias, pensão por morte, salário-maternidade, auxílio-doença, BPC, auxílio-reclusão, auxílio-acidente, etc.

Recomendados para você