Após denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal, que apontava malversação dos recursos do FUNDEB, o ex-prefeito de Serrinha e deputado eleito Osni Cardoso (PT) foi condenado a 2 meses e dez dias de detenção, além de ficar inabilitado para exercer cargo ou função pública durante 5(cinco) anos.


A decisão é da 1 vara Federal de Feira de Santana, constante do processo número 5544-87.2017.4.01.3304, no dia 19 de dezembro 20 de 2018.

Dessa decisão ainda cabe recurso.

Essa não é primeira vez que Osni Cardoso sofre uma condenação na Justiça Federal. Ele já acumula uma condenação de impossibilidade de ocupar cargo ou função pública, que está prestes a ser julgada em segunda instância.

Fonte: Bahia Notícia