Cantor de forró é morto após se apresentar em bar de Cachoeiro

por Redação SN
Cantor de forró é morto após se apresentar em bar de Cachoeiro
Cantor de forró é morto após se apresentar em bar de Cachoeiro | Foto: Créditos A Gazeta

O cantor de forró Edivandro Cipriano, de 39 anos, foi morto com um tiro, na manhã do último sábado, 18/09, logo após se apresentar em um bar no bairro Monte Belo, em Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo.

Testemunhas relataram para a Polícia Militar que Edivandro estava no bar com outras pessoas e que após uma discussão foi atingido com um tiro nas costas. O acusado de efetuar o disparo fugiu. A PM fez buscas, mas não localizou o suspeito.

Quando a PM chegou ao bar, Edivandro já estava caído no chão, quase inconsciente. A vítima foi socorrida com vida pelo Samu 192 e levada para a Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim, porém não resistiu aos ferimentos.

Edivandro, que também trabalhava como locutor de lojas, chegou a postar vídeo no Facebook poucas horas antes do crime enquanto se apresentava no bar. No mesmo post, uma pessoa que se identificou como irmão da vítima, informou sobre a morte do músico.

Testemunhas ouvidas pela PM não souberam informar o que motivou a discussão. Um amigo de Edivandro afirmou que ele foi morto por engano, que o alvo não seria ele, mas outra pessoa que estava no bar.

A polícia identificou dois suspeitos envolvidos na morte do cantor, porém, até o momento, ninguém foi preso.

O delegado Felipe Vivas, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, informou que a polícia iniciou as investigações, mas ressaltou que não poderia passar mais detalhes sobre o caso por enquanto.

SN Noticias/ *A Tribuna

Recomendados para você