São-Paulo-x-Vitória-Ao-VivoEm um jogo com direito a falta de energia no primeiro tempo, o Vitória até que fez uma boa partida até os 30 minutos do segundo tempo. A partir daí, quem sofreu um “apagão” foi o sistema defensivo rubro-negro. Após falhas da defesa nos minutos finais, o time baiano levou dois gols e acabou derrotado pelo São Paulo por 2 a 0.

 


Os gols do time paulista foram marcados por Calleri e Lugano. Já o Leão, que segue sem vencer longe de Salvador e ainda cumulou mais uma derrota se complicou de vez na Série A.

 

Com nove pontos ganhos, o Vitória caiu para a 15ª colocação e agora vê a zona de rebaixamento cada vez mais próxima. O risco de entrar no Z-4 é real e pode acontecer ainda até o final da rodada, em casos de triunfos de Coritiba e Atlético (MG).

 

Pressionados, os comandados de Vagner Mancini voltam a campo no próximo domingo (19), no Barradão, diante da Chapecoense.

 

O JOGO

 

Com um minuto de jogo, o São Paulo assustou em lance duplo. Primeiro, Ytalo arriscou chute e Fernando Miguel fez a defesa. No rebote, Auro tentou aproveitar, mas o goleiro defendeu novamente.

 

A resposta do Vitória veio dois minutos depois. Marinho cobrou falta na área, Kieza desviou de cabeça e exigiu bela defesa de Denis.

 

Aos quatro minutos, a jogada se repetiu. Após mais uma bola levantada na área, Kieza desviou novamente, mas desta vez tirou tinta da trave.

 

A partir daí, o Rubro-negro cresceu na partida e apertou o Tricolor. Aos 36, Marinho e Kieza fizeram uma bonita tabela. O camisa 7 recebeu na entrada da área livre de marcação, mas ao chutar de direita acabou isolando.

 

Já no final do primeiro tempo, um apagão paralisou o jogo. Os refletores do Morumbi se apagaram e o confronto foi interrompido por pouco menos de meia hora.

 

Após o restabelecimento da energia, foi o Vitória quem teve a última boa chance. Após roubar bola na intermediária, Diego Renan avançou, deixou marinho livre na área, mas o atacante pegou muito forte e chutou a bola por cima do gol. O camisa 7 ainda se machucou no lance.

 

No segundo tempo, o Vitória manteve a boa atuação e criou boas chances, mas foi surpreendido aos 30 minutos, em mais uma falha da defesa. Após cruzamento da esquerda, Ramon não conseguiu cortar e a bola sobrou para Calleri, livre na pequena área balançar as redes.

 

Aos 41 minutos, a zaga falhou novamente. Desta vez em cobrança de escanteio, Lugano apareceu no meio dos zagueiros para fazer o segundo.

 

São Paulo 2 x 0 Vitória

Brasileirão Série A – 9ª rodada

 

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)

Data/Horário: 15/06/2016, às19h30

Arbitragem: Wagner Reway (MT) e os assistentes Eduardo Cruz (MS) e Fábio Rubinho (MT)

Cartões amarelos: Kieza, Willian Farias (VIT); Bruno, Thiago Mendes, Michel Bastos, Calleri (SPFC)

Gols: Calleri e Lugano (SPFC)

 

São Paulo

Dênis; Bruno, Maicon, Lugano e Matheus Reis; Thiago Mendes, João Schmidt e Ytalo; Auro (PH Ganso), Centurión (Michel Bastos) e Calleri. Técnico: Edardo Bauza.

 

Vitória

Fernando Miguel; Norberto (Zé Welison), Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral (Vander), William Farias e Tiago Real; Marinho, Kieza e Dagoberto (Alípio). Técnico: Vagner Mancini.

 

Redação Galáticos Online