WhatsApp reprodução

De acordo com a vítima estava com Igor Rodrigues da Silva, que foi espancado e está internado no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA)


Policiais da Delegacia de Homicídio de Feira de Santana iniciaram os trabalhos de identificação da vítima do homicídio registrado na noite de ontem (10), no bairro Lagoa Salgada. A vítima foi encontrada carbonizada no banco traseiro de um veículo Gol, que também foi incendiado.

Segundo a polícia, familiares, que moram em Feira, informaram que ele residia em Salvador no bairro São Cristóvão e que o nome dele é Wellington Andrade Rodrigues Junior, de 24 anos. Póximo ao carro foi encontrada uma placa queimada com com tarja de Salvador e letras e números (HIT-5013) de uma motocicleta CG/Titan 150 preta com licença de Bom Jesus da Penha (MG), que provavelmente se soltou do veículo durante  o incêndio.

A polícia disse ao Acorda Cidade que a vítima estava com Igor Rodrigues da Silva, que foi espancado e está internado no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Igor, que também reside em Salvador, no bairro Itinga, conversou com policiais e informou que ele e Wellington vieram para Feira de Santana na noite de ontem trazer uma mulher.

Ele contou que estavam retornando para a capital e pararam em um posto de gasolina para abastecer o carro. Depois teriam ligado para um homem chamado ‘Júnior Cabeça’ dizendo que não tinham dinheiro para pagar o pedágio. Então eles retornaram para Feira e seguiram para a casa de Junior. Lá, Wellington foi baleado enquanto Igor foi espancado e desmaiou. O carro foi levado para o bairro Lagoa Salgada, onde foi incendiado.

Segundo a polícia Wellington foi preso em fevereiro de 2017 por tráfico de drogas em Feira. A polícia está investigando para saber o que motivou o assassinato.

Como o corpo foi carbonizado, os restos mortais só serão liberados após exame de DNA, mesmo a família da vítima e Igor ter confirmando que se trata de Wellington.

*Acorda Cidade