Morre oitavo irmão de família de ciganos suspeito de envolvimento da morte de PMS em Vitória da Conquista

por Redação SN
Morre oitavo irmão de família de ciganos suspeito de envolvimento da morte de PMS em Vitória da Conquista
Foto: divulgação Ascom/SSP-BA

Mais um cigano suspeito de envolvimento nas mortes dos PMs, o tenente Luciano Libarino Neves e do soldado Robson Brito de Matos, em Vitória da Conquista, no dia 13 de julho deste ano, foi localizado pela Polícia Militar. De acordo com a Secretaria de Segurança Publica (SSP), o suspeito foi flagrado armado, na cidade de Anagé, na manhã desta sexta-feira, 30/07. Ainda de acordo com SSP-BA, o suspeito tentava invadir residências, quando foi denunciado por moradores da localidade de Lagoa Grande.

Segundo a SSP-BA, o  cigano estava com um revólver calibre 38, munições e uma faca do tipo peixeira, e acabou cercado por equipes da Cipe Central e da 79ª CIPM. Na tentativa de prisão houve confronto e o cigano acabou ferido, conforme consta no boletim. Ele foi socorrido, mas não resistiu.

Conforme a pasta, o  suspeito, identificado por Lindomar Silva, estava com outros três ciganos que também atacaram com tiros equipes das polícias Militar e Civil, na quarta-feira (28) (veja a matéria completa aqui). Com o grupo foi recuperada a pistola do soldado Robson Brito de Matos, roubada após ele ser executado.

Morre oitavo irmão de família de ciganos suspeito de envolvimento da morte de PMS em Vitória da Conquista
Com o trio que confrontaram com as polícias Militar e Civil nesta quarta (28), foi recuperada a pistola do soldado Robson Brito de Matos, roubada após ele ser executado. | Foto: divulgação Ascom/SSP-BA

Ramon da Silva, o Ramonzinho Cigano, foi o primeiro a ser morto pela polícia ainda no dia 14 de julho, no dia em que os PMs foram assassinados. Ramon foi localizado no bairro de Lagoa das Flores, e morreu durante confronto. Ele foi socorrido, mas chegou morto ao Hospital Geral de Vitória da Conquista.

No dia seguinte (14), outros dois homens, também envolvidos nos assassinatos, foram mortos em um novo confronto com policiais na cidade de Itiruçu. Os homens mortos eram os irmãos Arlan e Dalvan da Silva Matos, sendo que um deles tinha 25 anos e nasceu em Itapetinga, e o outro tinha 27 e era natural de Bom Jesus da Lapa.

Os outros três que confrontaram com as polícias Militar e Civil nesta quarta (28), foram identificados pelos prenomes de Bruno da Silva Matos, Diogo da Silva Matos e Solon da Silva Matos. 

Acompanhe as notícias da Bahia pelas mídias sociais do SN Notícias,  Facebook,  Twitter,  Instagram  e  YouTube

Recomendados para você

Deixe um comentário