PM baleado em Retirolândia não resiste aos ferimentos

por Redação SN
PM baleado em Retirolândia não resiste aos ferimentos
Com a colisão, o carro não teve condições de rodar e o policial foi colocado em outro para concluir o socorro até o hospital.

O policial militar Gilson Rodrigues Ferreira, lotado no Pelotão de Retirolândia, morreu na noite deste domingo, 03/10, em decorrência de ferimentos durante uma tentativa de homicídio no Povoado Bela Vista, em Retirolândia. O SD PM Gilson estava participando de um evento de motociclismo levou tiro na axila de um homem desconhecido no início da noite hoje (3), ele foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Serrinha.

PM baleado em Retirolândia não resiste aos ferimentos

O radialista Renny Maia apurou que o policial participava do evento no Povoado Bela Vista, Retirolândia, e não estava de serviço,  estava no local quando dois indivíduos não identificados, se aproximaram do policial militar e efetuaram disparos de arma de fogo contra ele.

Na tentativa de prestar o socorro, um amigo do soldado pegou o carro que pertence ao policial e atropelou duas motocicletas na estrada vicinal de acesso ao local da festa, cinco pessoas também deram entrada na mesma unidade de saúde, duas mulheres, dois adolescentes e uma criança que estavam nas motos.

PM baleado em Retirolândia não resiste aos ferimentos

Com a colisão, o carro não teve condições de rodar e o policial foi colocado em outro para concluir o socorro até o hospital. Outras duas pessoas também estão sendo transferidas, sendo uma delas a criança que é natural de Caruaru, povoado de Conceição do Coité.

À família enlutada, manifestamos nossos sentimentos de solidariedade e respeito.

 Acompanhe as notícias da região de Retirolândia pelas mídias sociais do SN Notícias,  Facebook,  Twitter, e   Instagram 

Recomendados para você

Deixe um comentário