(Foto: Reprodução/Coluna do Estadão)

Anúncios

O transporte do petista poderá causar uma movimentação indesejada pela polícia

Após o julgamento que acresceu e confirmou a pena do ex-presidente Lula para 12 anos, a Polícia Federal agora se preocupa em como fazer essa prisão de modo seguro pra o petista e para o policiais. Como não tem ensino superior nem direito a regalias, ele deve ser enviado a um presídio comum, tornando o trabalho de encaminhamento um pouco mais inseguro.

A ideia de buscá-lo de camburão foi descartada pela comoção que poderia causar, a ideia mais apoiada é a de que ele e seus advogados se apresentem em local pré estabelecido e definido por um juiz. No momento, a PF está aguardando o a determinação do cumprimento da pena para que ele seja buscado. [Diario de Pernambuco]