Suspeito de participação na morte do advogado morre em confronto com policiais da Rondesp Atlântico em Salvador

por Redação SN
Suspeito de participação na morte do advogado é localizado
Com a dupla foram apreendidos um revólver, munições, porções de maconha, pedras de crack e dinheiro | Foto: divulgação Ascom/SSP

Um homem, suspeito de participação na morte do advogado no dia 25 de agosto deste ano, no Alto do Coqueirinho, no bairro de Itapuã, em Salvador, morreu em confronto com policiais da  Rondesp Atlântico, na noite de sexta-feira, 24/09, em Salvador, na capital baiana.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Publica da Bahia (SSP-BA), o confronto aconteceu após uma tentativa de abordagem de dois suspeitos, no bairro de Itapuã, em Salvador. A polícia informou que o suspeito chegou a ser levado para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo informações da SSP, os militares realizavam rondas, na localidade de Alto do Coqueirinho, quando dois homens atiraram contra as guarnições.Ainda segundo o Órgão de Segurança, ouve confronto e um dos suspeitos acabou ferido. Ele foi socorrido para o hospital Menandro de Faria, mas não resistiu.

O outro homem acabou preso em flagrante. Conforme o registro, com a dupla foram apreendidos um revólver calibre 38, munições, 105 porções de maconha, cinco pedras de crack e 866 reais. Os materiais e o preso foram apresentados, no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Suspeito de participação na morte do advogado morre em confronto com policiais da Rondesp Atlântico em Salvador
Suspeito de participação na morte do advogado morre em confronto com policiais da Rondesp Atlântico em Salvador | Foto: reprodução/ Record TV Itapuã

Morte do advogado

O advogado foi morto a tiros no dia 25 de agosto, dentro de carro no Alto do Coqueirinho, em Itapuã. De acordo com publicação do portal Bnews, o crime teria sido ordenado por traficantes da região, pois a vítima tinha contato com a polícia e estava realizando uma obra em um terreno que adquiriu recentemente no bairro.

Segundo o Balanço Geral, na ocasião, três homens armados teriam sido responsáveis pelo assassinato. Eles conseguiram fugir. O bacharel em Direito tinha parado em uma padaria para fazer um lanche, antes de seguir para o terreno quando foi executado.

 Acompanhe as notícias de Salvador pelas mídias sociais do SN Notícias. Não deixe de curtir nossa página no Facebook, Twitter, e também no Instagram

Recomendados para você

Deixe um comentário