Imagem do Google

Anúncios

A condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região foi comentada pelo presidente Michel Temer nesta quarta-feira (31). Em entrevista à Mário Kertész, ele reconheceu o prestígio do petista, mas afirmou que a derrota política de Lula seria “mais útil”.

“São duas vertentes, uma delas é a área jurídica, mas não dou um palpite sobre a decisão judicial, eu estaria invadindo outro poder. Sou consciente de que um poder não invada o outro. Na parte política, se ele pudesse ter participado das eleições, não sei se poderá, a derrota dele politicamente seria mais útil do que uma simplesmente de natureza judicial. Ele tem prestígio, não posso deixar de dizer, perdeu muito e, digo eu, se pudesse participar e fosse derrotado, politicamente seria adequado”, analisou. [Metro 1]