Foto: Valdemi de Assis | Calila Notícias

Um fato tem chamado atenção dos familiares de Rosimeire e ela própria vem acreditando nesta hipótese. “As ligações são com números restritos, mas, em todas as ligações, dizem apenas que o corpo esta perto de uma casa abandona, onde tem um curral e um tanque”.


A dona de casa Rosemeire da Silva Almeida, 43 anos, residente na Fazenda Tanque da Laje, distante 06 km da cidade de Conceição do Coité, município localizado no território do sisal, procurou mais uma vez a equipe do CN para externar sua angustia pelos doze dias sem notícias do seu filho Maicon Wilson Almeida dos Santos, 16 anos, visto pela última no dia 12 deste mês. Ela contou que os trotes recebidos por ela ou por pessoas próximas tem aumentado seu desespero. “O último foi hoje (quarta-feira, 23) pela manhã dizendo que tinham achado um corpo entre as comunidades de Domingos e Cansanção (Município de Conceição do Coité)”, contou.

Um fato tem chamado atenção dos familiares de Rosimeire e ela própria vem acreditando nesta hipótese. “As ligações são com números restritos e em todas as pessoas dizem apenas que o corpo está perto de uma casa abandonada, onde tem um curral e um tanque”, falou a dona de casa.

Com base nestas informações, acompanhada do esposo e uma prima, Rosimeire passou a manhã desta quarta-feira na região das comunidades de Cansanção e Domingos fazendo esta busca. “Contei com a boa vontade dos moradores da região que percorreram as fazendas, cuja característica batia com as informações das ligações, porém sem sucesso”, lamentou.

Desesperada, ela pediu que as pessoas não brincassem com o sentimento de uma mãe que quer saber o que aconteceu com seu filho. “Se é que ele está morto, quem fez isso com meu filho, pelo amor de Deus, ache uma forma de me avisarem onde deixaram o corpo. Quero pelo menos fazer seu sepultamento”, apelou Rosemeire da Silva.

A única informação sobre o desaparecimento de Maicon, segundo Rosemeire, foi passada por uma pessoa da comunidade, que ele não informou o nome, dizendo que Maicon foi visto entrando em um carro branco sendo um Gol, Palio ou Uno, dados ignorados, acompanhado de dois homens, em frente a um mercadinho no acesso principal da comunidade do Tanque da Laje.

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up

Ela contou também que populares informaram que na tarde no mesmo sábado teria sido visto dentro do carro no Povoado de Onça. “Mas tudo isto são informações que passam e fico sem saber se é verdade ou não”, desabafou. Quando desapareceu, Maicon trajava camiseta regata com a frente rosa e a costa branca. Vestia uma Bermuda tactel preta com listas laranja e sandália coca-cola com cabresto preto.

Do Calila Notícias