Vacina covid-19 da Janssen chega ao Brasil nesta semana

por Redação SN
Vacina covid-19 da Janssen chega ao Brasil nesta semana
Imagem: Istock

O Governo Federal deu mais um importante passo para acelerar o processo de vacinação contra a Covid-19. O Ministério da Saúde conseguiu antecipar mais de 3 milhões de doses da vacina da Janssen, fabricada pela farmacêutica Johnson & Johnson.

De acordo com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga,  o FDA aprovou o envio das doses da Janssen. As doses previstas em contrato tiveram desconto de 25%, resultando em economia de R$ 480 milhões. Ainda de acordo com o ministro, o pagamento só ocorrerá em relação às doses que forem efetivamente aplicadas. “Nós já informamos que essas doses têm um prazo de validade mais curto e, por conta disso; o Programa Nacional de Imunizações decidiu que essas doses deveriam ser aplicadas nas capitais”, pontuou.

Conforme a pasta, a previsão é que a primeira remessa de imunizantes chegue nesta semana. Entre as novidades, está a aprovação da Food and Drug Administration (FDA) sobre a expansão do prazo de validade dessas doses, que foi ampliado até 8 de agosto. A ampliação do prazo precisa da validação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), prevista para esta segunda-feira (14).

A vacina da Janssen é dose única e tem 85% de eficácia, após 28 dias da data da aplicação na prevenção da forma severa da Covid-19 em todas as regiões nas quais o estudo foi promovido. Já nos casos em que a doença se apresentou de forma moderada, a eficácia foi de 66%. Os dados de eficácia e segurança se baseiam em estudo com 43.783 participantes em oito países, incluindo o Brasil, de três continentes com uma população diversa e ampla, sendo 34% dos participantes com mais de 60 anos de idade.

A vacina covid-19 da Janssen possui condições de armazenamento e transporte que permitem a distribuição dentro da infraestrutura e logística já existentes para medicamentos e vacinas no Brasil. Isso facilita o transporte logístico para todos os municípios do país.

 Veja mais notícias da Região acompanhado pelas mídias sociais,  FacebookTwitterInstagram  e  YouTube.

Recomendados para você

Deixe um comentário