Segundo a polícia, ela foi estrangulada por Sandoval Santos Bastos, de 34 anos. Ele foi preso horas após o crime

Eles tinham um relacionamento há menos de um ano. Sandoval teria conseguido dinheiro emprestado para deixar a cidade.


Imagens de segurança de uma casa mostram o momento em que o suspeito de matar Francisca Batista da Silva carrega o corpo da vítima nas costas por uma rua do Capão Redondo, na Zona sul da cidade de São Paulo. O crime aconteceu nesta terça-feira (22).

Segundo a polícia, ela foi estrangulada por Sandoval Santos Bastos, de 34 anos. Ele foi preso horas após o crime. Quando ele chegou à delegacia, os parentes da vítima tentaram agredi-lo. O caso foi registrado como homicídio qualificado.

O caso foi registrado como homicídio qualificado com o agravante de feminicídio e violência doméstica no 47º Distrito Policial.

Eles tinham um relacionamento há menos de um ano. Sandoval teria conseguido dinheiro emprestado para deixar a cidade.

De acordo o G1, após ser detido, Sandoval alegou em depoimento que Francisca passou mal e morreu no quarto e que ele levou o corpo para a calçada com medo de que as pessoas pensassem que ele a matou.

Assista: